SBM apoia Movimento TJCC em cartas enviada às autoridades

terça-feira | 6 de abril de 2021

A Sociedade Brasileira de Mastologia, através do Dr. Carlos Ruiz, ex-presidente da entidade e atual presidente do Departamento de Ações Sociais e Defesa da Mulher, participou, no último dia 31, de reunião do Conselho Estratégico do Movimento Todos Juntos Contra o Câncer (TJCC), na qual foi produzida uma carta para o governo federal solicitando medidas urgentes frente à pandemia.

A Carta aberta do Movimento em colaboração com redes de organizações da sociedade civil foi direcionada ao presidente da república, Jair Bolsonaro, reivindicando recomendações emergenciais para o enfrentamento da COVID-19 no país. O documento chamou a atenção para os desafios enfrentados pelos pacientes com câncer, doenças crônicas e a população em situação de vulnerabilidade social.

O ofício citou ainda as várias pesquisas realizadas pelas organizações do Movimento TJCC, comprovando o impacto causado pela crise sanitária, como grandes alterações no diagnóstico e tratamento oncológico, incluindo o cancelamento de consultas, exames, sessões de quimioterapia, radioterapia, cirurgias oncológicas e outras dificuldades.

A Sociedade Brasileira de Mastologia já havia enviado carta similar diretamente ao Ministério da Saúde, solicitando que as pacientes de câncer de mama e outros cânceres fossem inseridos no grupo prioritário no Plano de vacinação, obtendo resposta do órgão de que isso já estava previsto. No entanto, o retardo do programa de imunização é sentido diretamente pelos pacientes que necessitam de tratamento, mas que, por conta do distanciamento social e as medidas restritivas acabam tendo o seu cronograma prejudicado.

De acordo com o Dr. Ruiz, a SBM está sempre atenta a todas iniciativas que possam reforçar a luta das mulheres pelo acesso não só ao tratamento, primordial para a busca da curabilidade, mas também aos exames preventivos que visam o diagnóstico precoce. “Já sabemos que em muitas regiões do país o acesso da população ao médico, às unidades hospitalares e exames são um problema. A SBM está sempre ao lado da mulher para apoia-la e mitigar essas dificuldades, pois sabemos que elas existem e são diversas em cada localidade desse país”, afirma.

Para ter acesso a carta íntegra é só acessar o link – http://bit.ly/carta_aberta_covid_TJCC.