fbpx EBM em Salvador - SBM

EBM em Salvador


A Escola Brasileira de Mastologia se fez presente em Salvador:

Durante dois dias, acadêmicos, médicos, especialistas e convidados nacionais e internacionais participaram do II Simpósio Internacional de Tumores Femininos e Curso da Escola Brasileira de Mastologia em Salvador, tendo como representantes da EBM os mastologistas titulares: Dr. Daniel Argolo, Dr. Daniel Cendon e Dr. Vinicius Budel.

O evento foi realizado no Hotel Deville Prime, nos dias 12 a 14 de Setembro de 2019 e debateu os tipos de câncer que atingem as mulheres e ainda são vistos com preocupação no cenário global.

Temas como a genética, prevenção, rastreamento e terapêutica da mastologia, oncoginecologia e radiooncologia foram intensamente discutidos nos três dias da segunda edição do evento, que contou com participação de mais de 600 inscritos.

Os avanços, ao longo dos anos, tanto em termos de diagnóstico, quanto em tratamento, trazem à luz da ciência, que o câncer deixou de ser uma “sentença de morte”.

Segundo o mastologista que procedeu a abertura do evento, Augusto Tufi, “o tratamento para o câncer de mama avançou, mas prevenção ainda é fundamental”.

 

                                         

 

O presidente da Comissão Científica do Simpósio, o mastologista Daniel Argolo, destacou que o evento trouxe expoentes internacionais para tratar sobre oncogenética, como os médicos Mark Robson, dos Estados Unidos, e Janice Kwon, do Canadá. Na oncologia mundial, o evento trouxe a participação d Dra. Chau Dang (oncologista clínica) e Dra. Andrea Barrio (mastologista), ambas médicas do Memorial Sloan Kettering em Nova York /EUA.

Este ano, o evento foi dividido em dois módulos. Na quinta-feira (12), pela manhã, ocorreu uma plenária incluindo temas da oncoplástica, dentro do Curso da Escola Brasileira de Mastologia e, à tarde, ocorreu a abertura oficial do Simpósio, marcada pelas presenças de Mark Robson e Janice Kwon. Já na sexta-feira (13), o evento se dividiu em outro formato, com três salas simultâneas em funcionamento, cujos especialistas debateram sobre câncer de mama e tumores ginecológicos.

Além disso, paralelo ao Simpósio, ocorreu a II Jornada de Oncologia Multidisciplinar, que contou com a participação de profissionais da enfermagem, nutrição, fisioterapia, psicologia, odontologia e farmácia muito envolvidos na linha de cuidado com o paciente oncológico.

 

                                           

 

Dados da Organização Mundial da Saúde apontam que uma em cada seis mulheres no mundo terá algum  tipo de tumor ao longo da vida.
O câncer de mama ainda é o tipo da doença que mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do de pele não melanoma, correspondendo a cerca de 25% dos casos novos a cada ano. No Brasil, esse percentual é de 29%. O câncer de ovário é a segunda neoplasia ginecológica mais comum, atrás apenas do câncer do colo do útero.